Voluntários SAS Brasil: conheça a experiência de Thauany Castro em Biritiba

Depois de 6 anos na estrada, podemos afirmar sem errar: a nossa maior força está na nossa rede linda de voluntários e de apoiadores. Por isso, aos poucos vamos contar a história de alguns desses heróis aqui no blog e nas nossas redes sociais. A ideia é mostrar como o trabalho voluntário que fazemos toca a vida de cada pessoa envolvida, sendo atendida ou estando do lado “de cá” das nossas ações. Se você quer ser voluntário SAS Brasil, entre em contato com a gente pelo email voluntarios@sasbrasil.org.br contando sobre você e sobre a sua motivação.

Acompanhe o SAS Brasil no Facebook e no Instagram

A história de hoje é da Thauany Castro. Ela é aluna do Ateliê da Redação, cursinho preparatório para o vestibular que viajou com o SAS Brasil para Biritiba Mirim (SP). Essa parceria está alinhada ao nosso propósito de priorizar a educação e de levar a experiência do voluntariado para candidatos de cursos de Medicina e outros. No ano passado, alunos do cursinho pré-vestibular Anglo viajaram conosco para Sete Barras (SP).

Graças à parceria com o Ateliê, Thauany esteve presente e atuante na nossa última expedição a Biritiba Mirim. Ela e outros colegas fizeram parte da equipe rotativa, que atua em várias áreas durante a expedição: cadastro, alegria etc. Veja o que ela contou para a gente sobre a experiência que teve:

Pude aprender o quanto o exercício consciente da cidadania é importante, e como a EDUCAÇÃO é importante, diria até que é mais importante que qualquer coisa. É gratificante saber que como poucas pessoas são capazes de mudar milhares de vidas, e que se todo mundo se unir da para modificar o rumo de uma população que tanto sofre.” 

Os alunos do Ateliê da Redação estão fazendo uma campanha online para arrecadar recursos para a doação de óculos de grau para as crianças. Você pode apoiar clicando na Vakinha que eles criaram. A meta é R$ 8.000 e ainda falta bastante! Qualquer valor ajuda muito! Com um pouquinho você pode ajudar uma criança carente de Biritiba Mirim a enxergar melhor e, indiretamente, melhorar as notas e evitar a evasão escolar.

Pouco depois de voltar da expedição, ela escreveu no Instagram: “Fez uma semana que voltei, voltei de onde me reformei como uma pessoa, uma cidadã, uma Thauany mais humana, que aprendeu em 4 dias o que não havia aprendido por 20 anos”. Na linda homenagem que ela fez ao SAS Brasil, ela disse que pôde conviver “com ótimos profissionais, fazendo o bem para uma população tão esquecida”. Biritiba Mirim, localizada a 84 km de São Paulo, tem comunidades muito carentes.

“Éramos pouco mais de 80 voluntários mudando a perspectiva de vida de centenas de pessoas”, relatou Thauany. “Estamos falando de milhares de crianças que podem evitar uma cegueira daqui a poucos anos, de crianças que deixam de ter um bom rendimento escolar por causa da baixa acuidade visual, estamos falando de modificar a trajetória da geração futura, e não é exagero”.

A próxima expedição para Biritiba Mirim está saindo do forno! Fique de olho nas nossas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *