SAS Brasil recebe doação de material escolar da Faber Castell

Material doado pela Faber Castell em um dos carros do SAS Brasil

Tivemos boas notícias nesta semana que vai acabando hoje! Uma delas foi a doação de material escolar da Faber Castell! O material será doado às crianças de Sete Barras (SP) durante a ação que faremos na cidade no fim de semana que vem, entre os dias 7, 8 e 9 de julho (está chegando!)

Quem conseguiu a doação foi a aluna Maria Victória Figueiredo Rebolho, de 19 anos, natural de São Carlos (SP). Maria Victória está no segundo ano do cursinho Anglo Tamandaré, se preparando para cursar Medicina. Como ela conta, no começo do ano o Anglo criou um grupo, chamado Liderança Coração de Leão, com alguns alunos de alta performance, para complementar tanto o preparo para o vestibular quanto para a vida. O grupo tem o lema “Aprovação com propósito”.

“A gente trabalha questões de autoconhecimento, autoconfiança, organização coletiva em rede e construção de cidadãos conscientes”, conta Maria Victória. “Estou gostando bastante dos encontros, das aulas e da troca de experiências”. Em maio, os alunos conheceram o SAS Brasil e a parceria com o grupo, por meio da qual vamos realizar ações voluntárias com crianças carentes.

Dra. Adriana recebe caixas com o material escolar doado

“Achei a ideia incrível, não só por sua grande relação com a carreira que pretendo seguir, como também por engajar alunos em uma ação de extrema importância social, que requer participação de todos do grupo para dar certo”, conta a aluna. Ela explica que seu tio, Durval dos Santos Jr., é químico especializado na área da sustentabilidade e trabalha na Faber Castell há alguns anos. “Logo que conheci o SAS Brasil, conectei as instituições”, diz.

“Além da preocupação ambiental, a relação entre óculos, crianças, sorriso, leitura e escrita me pareceu fantástica, afinal, sem uma visão adequada e sem o incentivo à criatividade e à diversão, ler, desenhar e escrever tornam-se ações difíceis para as crianças”, explica. Ela então entrou em contato com o tio e explicou sobre o projeto. “Ele ficou super animado e disse que estaria disposto a ajudar”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *