SAS Brasil beneficiou mais de 4 mil pessoas durante o Rally dos Sertões 2018

Já estamos de volta do Rally dos Sertões 2018, nossa sexta expedição consecutiva acompanhando a tradicional competição off road. Desde 2013, o SAS Brasil promove a ação social oficial do Sertões, atendendo cidades carentes no trajeto. Em 2018, as cidades contempladas foram Posse (GO), e São Raimundo Nonato (PI), que marcou nossa estreia no Piauí, o 13º Estado a receber o time de voluntários. Ao todo, ao longo do Rally dos Sertões, mais de 4 mil pessoas foram beneficiadas. Os 36 voluntários rodaram mais de 4,3 mil km.

Veja como foi no nosso Instagram Stories

Na área de saúde, o SAS Brasil atua em quatro frentes, sempre com foco nas demandas das cidades e com ações resolutivas. O projeto Anariá, de saúde e valorização da mulher, atua na área ginecológica e faz o rastreamento e cura de lesões precursoras do câncer de colo de útero, uma das doenças que mais matam mulheres em nosso país. Nas duas cidades atendidas, 369 mulheres foram triadas, com 150 atendimentos, 26 ultrassons, 133 exames preventivos e 9 outros procedimentos. O projeto tem patrocínio da Roche Farmacêutica e parceria da Clínica Pinotti. Com foco na educação, houve ainda palestras sobre saúde feminina, com a presença de 102 mulheres aprendendo sobre câncer, infecção urinária, métodos anticonceptivos, aborto e gravidez, entre outros assuntos.

O projeto Anariá ainda tem a Frente de Valorização da Mulher (FVM), que estreou em 2018 um projeto abrangente de debate sobre a violência de gênero. Em um formato inovador, a população das cidades – mulheres e homens, crianças e adolescentes – é convidada a assistir a uma peça de teatro que discute a evolução do ciclo de violência doméstica. Encenada por voluntários, a peça abre a discussão sobre o tema e apresenta depoimentos reais de mulheres que foram vítimas de seus companheiros. Depois, as mulheres são convidadas para uma espécie de salão de beleza, em que são maquiadas e têm as unhas esmaltadas pelas voluntárias da FVM – todas capacitadas no tema da violência doméstica. Ali, a mulher sente-se à vontade para conversar sobre situações que ela mesma tenha passado em casa e recebe orientações. Ao todo, 55 pessoas estiveram presentes.

Em função das características da população local, nas cidades atendidas, como em boa parte do sertão brasileiro, as pessoas têm ampla exposição aos efeitos nocivos do sol. Segundo dados PNUD, Ipea e FJP, 23,8% da população de Posse e 34,2% dos habitantes de São Raimundo Nonato vivem em zonas rurais. Por isso, o SAS Brasil atua com um mutirão de câncer de pele, que realiza cirurgias e faz a educação sobre a importância de se proteger do sol. No Rally dos Sertões 2018, a área dermatológica realizou consultas em 344 pacientes e 17 cirurgias.

Saúde e alegria para crianças
O SAS Brasil atua com foco na população de crianças e adolescentes das cidades atendidas. Dois projetos têm atendimentos voltados para essa faixa etária. Um deles é o Ver Magia, um dos carros-chefe das expedições. O projeto faz a triagem e atendimentos oftalmológicos completos nas crianças da rede pública de ensino, em busca de problemas visuais que têm efeito direto no desenvolvimento escolar e, a médio prazo, nos índices de evasão escolar. No Rally dos Sertões 2018, foram triadas 761 crianças na oftalmologia, com 343 consultas completas.

Em parceria com a GrandVision by Fototica e com a Fundação Abióptica, as crianças puderam escolher o modelo e a cor preferidos das armações dos óculos de grau que receberão de graça. A ação é promovida com o apoio das secretarias de Educação das cidades. Ao todo, 183 pares foram prescritos e serão doados. Quase uma a cada duas crianças tiveram óculos prescritos pelos oftalmologistas, muitas delas com graus altos.

No Sorrisaria, frente odontológica do SAS Brasil, os dentistas voluntários realizam uma série de ações voltadas para a população de crianças e adolescentes até 14 anos das cidades. Uma das frentes é a da ação educativa, com palestras interativas sobre escovação dos dentes e instruções para os pais. Quase 800 crianças passaram pelas palestras e receberam kits de higiene bucal. Elas ainda fizeram a escovação na prática, em um divertido e colorido “escovódromo”. Ao todo, 731 crianças passaram pela triagem odontológica do Sorrisaria, das quais 238 foram atendidas e tiveram 570 procedimentos de vários tipos realizados, entre os quais ART (tratamento atraumático restaurador), exodontia e aplicação de flúor. O Sorrisaria tem apoio do ValorizaOdonto e da Dental Cremer.

No SAS Brasil, acreditamos que assim como a saúde é a alegria do corpo, alegria é a saúde da alma. Por isso, além da atenção médica, oferecemos uma série de atividades para as crianças. Com apoio da Faber Castell, que doou material escolar, os voluntários promoveram oficinas de desenho, pintura e pintura facial para mais de 1,3 mil crianças nas duas cidades. Além disso, houve brincadeiras, jogos diversos (futebol, basquete etc.), slackline, piscina de bolinhas, cama elástica e atividades lúdicas e culturais.

Graças ao apoio da Panini, houve também doação de gibis e revistinhas em um caminhãozinho que funciona como prateleira para os pequenos escolherem sua leitura favorita.

Dezenas participaram da “superfórmula”, momento mágico da expedição em que voluntários se fantasiam de super-heróis, brincam e aplicam o vermífugo albendazol em uma atividade para a qual as crianças fazem fila para tomar um remédio que é decisivo para combater verminoses comuns no interior do Brasil. Houve ainda sessões do cinema interativo, promovido no final de cada dia de ação, com dezenas de crianças assistindo.

Educação para todos
Outra estreia no SAS Brasil durante o Rally dos Sertões 2018 foi o projeto Puxirum, termo tupi cujo significado é “trabalho em comum” e que está na origem da palavra “mutirão”. Coordenado pela psicóloga Luisa Brito, o projeto realizou uma capacitação sobre violência no ambiente escolar para professores do ensino fundamental I e II em São Raimundo Nonato, com a participação de mais de 230 pessoas. Segundo a Secretaria Municipal de Educação da cidade, o número representa cerca de 82% dos docentes da rede pública de ensino.

Houve ainda curso de primeiros socorros e prevenção de acidentes na infância para professores de educação infantil e pais, promovido pela médica emergencista Adriana Mallet, coordenadora geral do SAS Brasil, com a presença de 89 pessoas, e capacitação de 17 profissionais de saúde da Posse em urgências e emergências, entre eles 4 médicos. Na área de sustentabilidade, preocupação constante do SAS Brasil, voluntários e crianças locais realizaram o plantio de 80 mudas nativas nas duas cidades, para compensar a emissão de carbono da caravana, que este ano contou com 9 carros, uma moto e a carreta com o contêiner consultório do projeto.

O SAS Brasil funciona, em grande parte, com o apoio de pessoas físicas, entre as quais as centenas de voluntários que já participaram das mais de vinte expedições ao longo de seis anos e uma ampla rede de apoiadores. A campanha 2018 do SAS Brasil, no ar em catarse.me/SASBrasil6, se encerra no dia 3 de setembro. A meta é captar cerca de R$ 47 mil, valor suficiente para cobrir a operação em 2018 e conquistar autonomia em equipamentos.

Rally dos Sertões 2018
O Rally dos Sertões 2018, em sua 26ª edição, ocorreu entre os dias 18 e 26 de agosto, com dezenas de pilotos percorrendo cenários de tirar o fôlego no interior do Brasil, passando por Goiás, Bahia, Piauí e Ceará em provas duras com início em Goiânia (GO) e encerramento em Fortaleza (CE). Anualmente, ao ter acesso ao trajeto da competição, a equipe do SAS Brasil estuda as cidades próximas para entender as demandas de saúde e selecionar aquelas que serão atendidas. A ONG tem patrocínio da Roche Farmacêutica e da Dunas Race, organizadora do Rally dos Sertões, além do apoio e parceria de diversas empresas. Um destaque é o piloto Leandro Torres, padrinho do SAS Brasil, que em 2018 organizou uma campanha que arrecadou mais de R$ 24 mil para a ONG.

O SAS Brasil realiza ações de curta duração e alto impacto em cidades carentes mapeadas no trajeto anual da competição. As ações deixam um legado positivo e duradouro nas cidades. Para serem atendidos, os municípios devem ter IDH considerado baixo ou médio ou estarem abaixo da média do Estado, população de até 20 mil habitantes e, principalmente, carências na área de saúde, como falta de profissionais especializados e ausência de hospitais de referência.

Desde 2013, quando atendeu com oito voluntários em uma tenda de campanha, o SAS Brasil já atendeu mais de 36 mil pessoas em cidades de 13 Estados de todas as regiões brasileiras, sempre com times de profissionais altamente capacitados atuando de forma voluntária. Atualmente, o projeto tem consultórios médicos completos em uma estrutura formada por contêineres adaptados.

Números em destaque – SAS Brasil no Rally dos Sertões 2018

Impacto total: 4.057 pessoas beneficiadas
Equipe e estrada: 36 voluntários, 10 dias, 4.389 km rodados
Ginecologia (projeto Anariá): 526 mulheres em atendimentos e ações
Oftalmologia (Ver Magia): 761 atendimentos, 183 pares de óculos para crianças
Odontologia (Sorrisaria): 731 atendimentos odontológicos em crianças, mais de 800 nas aulas de escovação
Dermatologia: 344 atendimentos, 17 cirurgias para curar câncer de pele
Alegria: mais de 1.350 crianças participaram das ações
Educação e saúde: 336 profissionais de educação e saúde capacitados
Sustentabilidade: 80 mudas nativas plantadas para zerar a pegada de carbono

Cidades atendidas: Posse(GO), no dia 20/8, e São Raimundo Nonato (PI), nos dias 22, 23 e 24/8

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *