Família do piloto Rogério Koch, que morreu de câncer em maio, faz doação ao SAS Brasil

A emoção tomou conta dos bastidores da quinta expedição do SAS Brasil no Rally dos Sertões. Nesta sexta-feira (18), recebemos uma visita especial no Autódromo Internacional de Goiânia, onde nossa caravana está estacionada até a largada para a competição e de onde seguiremos para Santa Terezinha de Goiás, a primeira cidade a ser atendida pela nossa equipe de voluntários.

Lorena Koch era casada há 43 anos com o experiente piloto Rogério Koch, tricampeão do Campeonato Gaúcho de Rally Regularidade 4×4 e veterano desde 1968 no automobilismo. Ele já havia realizado a inscrição para as provas da 25ª edição do Rally, mas morreu em maio passado após complicações de um câncer no pâncreas.

Como forma de homenagear sua trajetória, a família decidiu doar três mil reais, medicamentos e um aparelho medidor de glicemia para o SAS Brasil. Eles se sensibilizaram com o projeto Anariá que, em 2017, é um dos nossos principais pilares e realizará ações de prevenção e tratamento de câncer de colo do útero, saúde e valorização da mulher.

O projeto tem o patrocínio do AmigoH, braço de filantropia e pesquisa sobre oncologia e hematologia do Hospital Israelita Albert Einstein e conta ainda com uma equipe da qual participam duas residentes de ginecologia do conceituado hospital paulistano.

Agora, a esposa, filhos, netos e amigos planejam jogar as cinzas de Rogério no Parque Estadual do Jalapão, em Tocantins.

Quinto ano. Desde 2013, o SAS Brasil é o braço social do Rally e leva atendimento médico e ações de entretenimento para as comunidades carentes e isoladas que ficam na rota das provas. Em 2017, entre os dias 18 e 26 de agosto,  nossa caravana com 45 voluntários (a maior já realizada) passará pelas cidades de Alto Garças (MT), Aquidauana (MS) e Santa Terezinha de Goiás (GO). A expectativa é impactar mais de 3 mil pessoas.

Quer ajudar o SAS Brasil a ir ainda mais longe? Nossa campanha de financiamento coletivo no Catarse já está no ar e aguarda você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *