Home Equipe SAS Brasil ganha destaque em mídia nacional no Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino

SAS Brasil ganha destaque em mídia nacional no Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino

por Ana Beatriz Viana Arruda

O Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, celebrado na semana passada, foi criado em 2014 pela Organização das Nações Unidas (ONU). Comemorada atualmente em 153 países, a data, 19 de novembro, serve de reflexão e presta justa homenagem às conquistas femininas ao longo de suas trajetórias profissionais. Segundo dados do Global Entrepreneurship Monitor (GEM), cerca de 24 milhões de mulheres empreendem no Brasil, país em que a maioria dessas iniciativas ocorre justamente em função da necessidade que essas mulheres enfrentam, o que as leva a buscar conquistar espaços de protagonismo econômico.

Ainda de acordo com o relatório do GEM, enquanto em 2003 havia apenas 29% de mulheres empreendendo, ao redor do mundo, no ano passado esse número saltou para 65%. E é claro que o SAS Brasil não poderia deixar de marcar presença nessa data tão importante! A nossa história, que teve início sete anos atrás, começou com duas mulheres empreendedoras, que estão à frente do SAS Brasil até hoje: Sabine Zink Bolonhini, nossa gestora de relacionamentos, e Adriana Mallet, nossa diretora e coordenadora de Saúde. 

Acesse o site da WEDO (Women’s Entrepreneurship Day Organization) 

Juntas a um grupo de oito amigos, Adriana e Sabine deram o primeiro passo para a criação do SAS Brasil, organização do terceiro setor que desde 2013 tem feito a diferença no acesso à saúde especializada e de qualidade para pessoas em situação de vulnerabilidade em todo o Brasil. Em um país em que 34% de todos os donos de negócios do país são mulheres, de acordo com dados do IBGE, a nossa instituição tem orgulho e satisfação de poder dizer que é parte dessa parcela, composta de mulheres fortes, inovadoras, determinadas e batalhadoras. Ao mesmo tempo, reconhecemos a necessidade de marcos como o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino para debater o tema e ampliar a participação feminina nesses espaços.

⇨ No site: Conheça a história do SAS Brasil 

Ao lado de centenas de voluntários e de profissionais dedicados, as fundadoras do SAS Brasil formam hoje um grupo crescente de pessoas incríveis que, por onde passam, tocam vidas, recebem sorrisos e deixam marcas. É justamente em reconhecimento a toda essa jornada que, no dia 19 de novembro, o SAS Brasil foi citado em diversos veículos da imprensa nacional, ressaltando a nossa presença no empreendedorismo feminino. 

O Portal Empreendedor entrevistou cinco mulheres que dão dicas sobre o empreendedorismo: além de Sabine, que falou em nome do SAS Brasil, também opinaram Andressa Rando Favorito, especialista em gestão de negócios de moda, Luana Ribeiro, CEO da DevNinjas, startup com foco em transformação digital, Tatiana Silva, cofundadora e CEO do Fa.vela, aceleradora que oferece educação empreendedora inovadora, tecnológica e inclusiva em periferias e Patrícia Ramos, influenciadora digital e dona da loja Collection By Paty.

Na entrevista, que foi reproduzida por uma série de sites, como Toda Teen, Regional Express MG, JBN Bahia, Portal JNN e Empreenda Êxito (coluna do Instituto Êxito no portal IG), Sabine ressalta que “a mulher é, com certeza, a maior protagonista da mudança social no mundo hoje. Somos engajadas, somos pivô de transformação”. Ela ainda lembra que cerca de 70% do voluntariado do SAS Brasil hoje é formado por mulheres. “Isso é muito poderoso”. Com a missão e o propósito na veia, nossas fundadoras continuam atuando para transformar a vida de pacientes e voluntários por meio do empreendedorismo social.

Foto de capa: Ton Pederneiras (Adriana e Sabine na primeira expedição do SAS Brasil, em 2013)

Posts relacionados

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.