Home Sertões Com apoio do X Rally Team, SAS Brasil aposta na tecnologia para garantir acesso às teleconsultas em cidades remotas

Com apoio do X Rally Team, SAS Brasil aposta na tecnologia para garantir acesso às teleconsultas em cidades remotas

por Ana Beatriz Viana Arruda

O objetivo principal das Unidades de Teleatendimento (UTAs) do SAS Brasil é levar para comunidades carentes saúde especializada por meio do teleatendimento. Para conseguir isso, a organização realizou um intenso estudo para desenvolver uma estrutura que fosse capaz de suprir as necessidades de saúde das quatro cidades carentes que receberão as UTAs, nos estados de Goiás, Maranhão e Ceará. Por se tratarem de cidades remotas, que muitas vezes não têm acesso a um sinal de internet estável, fomos atrás de soluções que nos permitissem chegar até os nossos pacientes sem depender da tecnologia existente nos municípios. 

⇨ Leia no blog: RA para planejar instalação das UTAs

UTA do SAS Brasil instalada em Cavalcante/GO (foto: Roy Bento)

A partir desse levantamento, a equipe que cuida da tecnologia das UTAs optou pelo uso do que no mercado chamam de “redundância de links de internet”, método que serve como backup em caso de instabilidade no sinal de internet existente. Por meio dessa solução, um link de acesso alternativo à internet serve como suporte ou opção ao link principal de uma rede em caso de queda.

Embora as nossas UTAs contem com acesso à internet, o sinal pode apresentar instabilidade, o que poderia chegar a prejudicar os atendimentos remotos. Com isso, buscamos garantir ao cidadão que está sendo atendido que a chamada seja concluída, independente de eventuais problemas de internet que estejam ocorrendo na cidade. Com essa escolha, as UTAs poderão ter sinal contínuo e estável de internet, durante todo o funcionamento das teleconsultas. Esse recurso viabiliza um atendimento efetivo e tranquilo, em que o médico tem acesso ao prontuário dos pacientes, os enfermeiros realizam a marcação de consultas e a sala de teleatendimento pode ser controlada remotamente. Dessa forma, o SAS Brasil realiza os atendimentos das diversas especialidades médicas e áreas da saúde de forma eficaz, transformando o acesso à saúde na vida de milhares de pessoas.

X Rally Team: maletas com antena para acesso à internet

O uso dessa tecnologia se tornou possível com o envolvimento da equipe do X Rally Team no processo de desenvolvimento das UTAs. Criada pelos irmãos Cristian e Marcos Baumgart, a equipe que compete no Sertões desde 1999 desenvolveu, para a edição 2020 da competição, uma maleta com antena que permite aos participantes ter acesso contínuo à internet durante a competição. Mobilizado pelo tema “Rally Solidário” deste ano, o X Rally Team decidiu reverter todo o lucro obtido com a venda das maletas para investimento na tecnologia das UTAs do SAS Brasil. “Ficamos muito felizes em saber que, além de fazer o que gostamos, que é acelerar pelo Brasil, estamos deixando um legado com o SAS Brasil, melhorando as condições médicas, de atendimento para toda essa comunidade pela qual a gente passa, que é muito carente”, comemora Beco Andreotti, diretor de Equipe do X Rally Team. 

“Agradecemos o apoio da X Rally Team, que nos ajudou a estruturar a infraestrutura necessária para viabilizar a conectividade das UTAs e seguir na nossa missão de levar acesso à saúde para regiões remotas do Brasil”, diz a diretora da organização Sabine Zink. “A tecnologia sempre foi uma via de ampliar nosso impacto e resolutividade. Com a consolidação da telemedicina dentro dos nossos projetos, a tecnologia passa a ser uma ferramenta central para levar acesso à saúde, agora também de forma remota”.

Acompanhe o X Rally Team no Instagram

X Rally Team no Sertões 2020 (foto: divulgação)

Mas eles não pararam por aí! Ao final do Sertões 2020, as maletas do X Rally Team compradas pelas equipes Bianchini Rally, MEM Motorsport, Torres Racing, FD Rally Team, Yamaha IMS Rally Team e Minuano Rally Team serão repassadas ao SAS Brasil. Essa tecnologia será direcionada às nossas UTAs, permitindo que tenhamos ainda mais segurança na conexão de internet, o que fará a diferença na eficácia do nosso serviço.

Unindo tecnologia e saúde, o SAS Brasil desenvolveu as UTAs para trazer um marco na história da telemedicina e para ampliar o acesso à saúde especializada a quem não tem, democratizando os tratamentos. Em um sistema híbrido, que alia o uso da telemedicina com futuros mutirões e a possibilidade de que profissionais locais façam uso dos consultórios se aconselhando com especialistas à distância, o projeto leva tecnologia a lugares remotos, o que possibilita a adoção da telemedicina.

Foto de capa: Roy Bento

Posts relacionados

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.