Home Sertões Sertões 2020 tem foco no social, cancelamento parcial e se isola em ‘bolhas’

Sertões 2020 tem foco no social, cancelamento parcial e se isola em ‘bolhas’

por Comunicação SAS Brasil

Em 2020, o maior rally das Américas se transforma no “Rally da Solidariedade” levando cestas básicas e a telemedicina SAS Brasil para os lugares remotos e carentes do país. O roteiro da 28ª edição traz um protocolo de segurança especial,  com 10 medidas. A largada da competição acontece no dia 30 de outubro, no Estado de São Paulo, e a chegada será em 7 de novembro no Maranhão. Por questão de segurança, os locais não serão divulgados até a conclusão do evento. As novidades foram anunciadas na noite de ontem (19 de agosto) em uma sessão “virtureal” no Youtube e em drive-in no estádio do Pacaembu, em São Paulo.

Um ano diferente, pede um Sertões diferente. A 28ª edição do maior rally das Américas traz adaptações relevantes nas suas três dimensões: Esporte, Social e Turismo. A missão, este ano, é levar acesso a saúde de qualidade e fomento econômico para as comunidades remotas e carentes do Brasil. O Sertões sempre teve no rastro da competição uma expedição de médicos voluntários, que deixa um legado social por onde passa. Este ano, a ação social do SAS Brasil traz um projeto inovador: a instalação de unidades de teleatendimento (UTAs) para consultas médicas gratuitas e de qualidade. O Sertões fará ainda a aquisição de cestas básicas de pequenos produtores locais que serão distribuídas nas regiões, aos que estão sem trabalho e renda.

“Todos os grandes eventos esportivos estão se reinventando e com o Sertões não é diferente”, destaca o CEO do Sertões, Joaquim Monteiro. “Vamos nos deslocar com toda a segurança para ativar as economias locais e levar cuidado a quem precisa. Adiar a prova, em tese a opção mais fácil, seria abandonar quem sempre nos acolheu. O Sertões representa superação. Nosso DNA fala mais alto. Vamos enfrentar mais esse desafio, levar esperança às pequenas cidades que há 27 anos recebem o Sertões com tanto carinho e que hoje estão impactadas financeiramente pela pandemia. É da alma da comunidade do rally ser solidário. O Sertões é filho do Brasil e como todos sabem, um filho do Brasil não foge à luta”

Um rígido protocolo de segurança garante este incrível projeto. O rally vai se deslocar “de bolha em bolha”, em vez do modelo tradicional de cidade em cidade. Todos os acampamentos (bolhas) serão lacrados. Quem romper o isolamento será desclassificado e não poderá retornar. Enquanto as dimensões social e esportiva do Sertões se adaptaram, a dimensão Turismo foi postergada para 2021. As expedições Sertões voltam a viajar quando for seguro. Com isso, levarão os primeiros turistas assim que as cidades anfitriãs estiverem prontas para recebê-los. Não seria justo dar as costas àqueles que sempre acolheram o Sertões nos seus 27 anos de existência.

Adriana Mallet, diretora do SAS Brasil e coordenadora de Saúde da organização, afirma: “É assim que o SAS Brasil enxerga o ‘novo normal’: tecnologia aliada a saúde de qualidade para dar acesso a atendimentos médicos e psicológicos a pessoas em situação de vulnerabilidade ou em cidades do Brasil profundo, onde muitas vezes não há médicos especialistas”.

Conheças as 3 dimensões em detalhes:

DIMENSÃO ESPORTIVA – o Sertões seguirá um rigoroso protocolo de segurança para garantir um ambiente controlado e interação zero com o público local. As Vilas Sertões serão em formato “bolha”, montadas em locais isolados, com acesso restrito apenas aos credenciados (que serão 100% testados com exame PCR).  Todos (Equipes, competidores, staff e equipe médica) ficarão concentrados dentro da bolha, em acampamentos e motor homes. Haverá Internet, banheiros e alimentação a fim de evitar circulação fora da área isolada.

DIMENSÃO SOCIAL – O Sertões 2020 deixará dois legados pelo Brasil:

  1. Legado Social – Em meio à pandemia, o SAS Brasil se tornou referência em atendimentos médicos e psicológicos por telemedicina, via remota de consulta médica. Desde março, foram mais de 15 mil pessoas beneficiadas em mais de 115 cidades de 15 Estados. Toda essa experiência será usada para deixar um legado nas cidades onde o Sertões passará. Trata-se de um projeto inovador: o SAS Brasil desenhou cabines, semelhantes a grandes caixas eletrônicos, com equipamentos médicos. Essas cabines serão instaladas nas cidades próximas das cidades das bolhas.  Após a passagem dos Sertões, as cabines ficarão nas cidades para que a população se beneficie dos teleatendimentos.  São 14 especialidades médicas – como ginecologia, dermatologia e oftalmologia – além de psicologia e nutrição. O SAS Brasil não viajará neste ano com equipes. As cabines terão profissionais de enfermagem dando suporte aos atendimentos, com medição de sinais vitais e garantindo a conexão para que o paciente possa conversar com os profissionais de saúde.
  2. Legado Econômico – Ação coordenada em parceria com o SEBRAE. Injeção de recursos na economia local. O Sertões sempre movimentou a economia das cidades por onde passou e este ano a necessidade é ainda mais urgente. Como não poderá ocupar a rede hoteleira e frequentar restaurantes locais, o Sertões apoiará a Campanha do Sebrae “COMPRE DO PEQUENO”, adquirindo cestas básicas dos minimercados e pequenos produtores em cada estado. No Tocantins, as cestas básicas serão doadas para o Projeto SOS Tocantins, uma iniciativa do Sebrae, Ministério Público Federal e Defensoria do Estado para ajudar as famílias que se encontram em estado de vulnerabilidade causada pela Covid-19. Além disso, todo o abastecimento da  ‘Bolha Sertões’ será feito através de comerciantes locais, com auxílio do SEBRAE, que irá atuar na organização, planejamento e logística de abastecimento das bolhas.

DIMENSÃO TURISMO – a alma desta dimensão é a celebração, o desbravar dos tesouros do Brasil que poucos conhecem, para curtir a natureza, conhecer a culinária regional, confraternizar com os amigos… mas nada disso faria sentido na atual conjuntura. Justamente no ano que um “dream team” de empresas já homologadas especializadas em turismo de aventura foi formado, com um número de expedicionários inscritos que as expedições Sertões estabeleceram como meta para um atendimento seguro e de qualidade, foi necessário adiar as viagens da dimensão Turismo para 2021. Assim, os expedicionários do Sertões serão os primeiros turistas a chegar quando as cidades puderem receber visitas.

Saiba quais são as 10 medidas do protocolo de segurança do Sertões 2020

  1. Atestado de saúde – todos os integrantes da caravana Sertões (competidores, equipes, staff, imprensa, social etc.) deverá apresentar teste PCR ou IGG de covid-19 realizado entre os dias 26 e 29/10 para poder obter a credencial;
  2. Identificação obrigatória – o uso da credencial, visível e permanente, garante o isolamento da prova dentro da bolha. O uso de máscara também será obrigatório em tempo integral;
  3. Isolamento social – a Vila Sertões será em formato “bolha lacrada”, com acesso exclusivo para os credenciados (sem público), pernoite somente dentro da “bolha” (acampamento/motor homes). Haverá alimentação, banheiros e serviço de motoboy (caso seja necessário qualquer tipo de compra externa) a fim de evitar a circulação fora da área isolada. O prólogo será realizado em área privada, sem público;
  4. Sem filas ou aglomerações – a apresentação de documentos e a “assinatura dos termos” serão 100% online. Não haverá fila para entrega de documentos nos dias que antecedem a prova;
  5. Menos gente – o tamanho das equipes será limitado de acordo com o número de competidores (detalhes no site do Sertões);
  6. Controle diário – a temperatura dos competidores será medida diariamente. Em caso de registro acima de 37,5 graus, será realizado teste covid-19 na carreta médica. Testes aleatórios por amostragem serão feitos pela equipe médica durante a prova;
  7. Briefings virtuais – os briefings diários serão todos remotos;
  8. Controle dos movimentos – todos os veículos de apoio serão monitorados com rotas pré-determinadas; o abastecimento só poderá ser feito em postos de gasolina credenciados, que seguirão os protocolos de segurança;
  9. Sem ajuda externa – os competidores não terão direito a ajuda externa durante a prova. Qualquer eventualidade deve ser filmada para evitar punição;
  10. Impacto zero – o Sertões tem estrutura médica completa independente dentro nas “bolhas”, além de mapeamento dos hospitais particulares no roteiro. Em caso de acidente, não serão ocupados leitos de hospitais públicos.

Conheça o roteiro do Sertões 2020

O Sertões 2020 sai de São Paulo no dia 31/10 e chega no Maranhão dia 07/11. Vai cruzar 5 Estados e o Distrito Federal – SP, MG, DF, GO, TO e MA. Este ano, excepcionalmente, não haverá chegada nas cidades anfitriãs. Toda a caravana se fechará em bolhas – locais isolados, afastados de adensamento.  Esses locais serão mantidos sob sigilo, a fim de evitar aglomeração. Os locais exatos das bolhas só serão revelados aos competidores na véspera. Todos seguirão por uma rota pré-estabelecida e monitorada.

Os procedimentos administrativos e verificação de testagem de todos que poderão ter acesso às bolhas serão feitos na Fazenda do Autódromo Velocittá, localizada no município de Mogi Guaçu/SP, a cerca de 180 km da capital. É um moderno complexo automobilístico que conta com autódromo homologado FIA, pista off road e de rally, museu, espaços para variados formatos de eventos em uma área rural de extensa mata atlântica.

Foto de capa: Doni Castilho

Posts relacionados

Deixe um comentário

* Ao utilizar este formulário, você concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.