Biritiba Mirim: a gente gosta das histórias, mas também precisa contar os números

É verdade que o que mais nos toca no SAS Brasil são as histórias que acumulamos a cada viagem, a cada ação, a cada abraço, a cada olhar de agradecimento. Mas é verdade, também, que precisamos contar os números das nossas ações. No fim de abril, durante o feriado de Primeiro de Maio, estivemos em Biritiba Mirim (SP), cidade a 84 km da capital do Estado, São Paulo. Essa foi a 22ª expedição do SAS Brasil, que atua desde 2013 levando saúde e alegria a comunidades carentes de locais isolados do país. Vamos aos números, então!

Acesse a planilha com dados de todas as expedições do SAS Brasil

Ao longo dos dias 28, 29 e 30 de abril, o SAS Brasil realizou ações de saúde, entretenimento e sustentabilidade na cidade. Biritiba Mirim, que, segundo o censo 2010 do IBGE tem cerca de 28,6 mil habitantes, tem áreas muito desfavorecidas, foco da nossa atuação. O IDH da cidade é considerado alto (0,712), mas não reflete a situação de regiões menos privilegiadas.

Em função do baixo comparecimento da população no primeiro dia de ação, fizemos uma busca ativa em comunidades carentes, com apoio da Prefeitura, que doou carro de som e ônibus para fazer o transporte dos munícipes para o local da ação.

Veja no nosso Facebook mais fotos da ação em Biritiba Mirim

Ao todo, nos três dias de ação, mais de 1,2 mil pessoas estiveram presentes e se beneficiaram da atuação de um grupo de 80 voluntários vindos de São Paulo – o maior número na história do SAS Brasil em uma só expedição. A ONG contou com a parceria do cursinho Ateliê da Redação, cujos alunos, muitos deles prestando vestibular para Medicina, viajaram conosco para participar da ação. Houve 372 atendimentos nas diversas áreas da saúde.

Saúde da mulher

Público assiste a palestra sobre saúde da mulher

No projeto Anariá, de saúde e valorização da mulher, foram realizados 122 atendimentos ginecológicos, 91 ultrassons e 213 coletas do moderno exame Cobas, que faz o rastreamento de lesões precursoras de câncer de colo de útero e permite que as pacientes fiquem até 5 anos sem repetir o papanicolau.

Houve ainda três palestras sobre saúde da mulher, com a presença de cerca de 100 pessoas ao todo, aprendendo sobre infecção urinária, métodos contraceptivos, câncer de mama e de colo de útero, aborto e gravidez, entre outros temas.

Em uma frente nova no SAS Brasil, dentro do projeto Anariá, também realizamos uma importante capacitação sobre violência doméstica, com a participação de 6 pessoas, lideranças locais que darão seguimento na cidade a ações relacionadas ao tema. 

Oftalmologia

Voluntária faz triagem no projeto Ver Magia

No projeto Ver Magia, 841 crianças em idade escolar foram triadas em exames de acuidade visual. Desse total, 426 foram convidadas a voltar no feriado de Corpus Christi, quando os voluntários retornarão para os atendimentos. Nessa ocasião, serão feitos todos os procedimentos para auferir a acuidade visual e a necessidade de uso de óculos de grau, que serão fabricados sob medida e de acordo com o gosto das crianças e doados em uma visita ainda posterior, antes do fim do ano.

Com as doações, o SAS Brasil superará o total de 1 mil pares de óculos doados desde 2014, quando começamos com essa ação.

Odontologia

Criança durante atendimento odontológico

No projeto Sorrisaria, 250 atendimentos odontológicos de diversos tipos foram realizados em pacientes, principalmente crianças, de Biritiba Mirim. Os dentistas da ação promoveram ainda atividades educativas, ensinando a escovação dental para 750 crianças e aplicando flúor em 300. Os pais também são orientados.

Desde o ano passado, além das ações educativas, promovidas desde 2013, passamos a realizar uma série de procedimentos odontológicos, com prioridade para crianças das regiões atendidas. Ao todo participaram da ação do Sorrisaria em Biritiba Mirim 20 dentistas profissionais e estudantes da Faculdade de Odontologia da USP.

Alegria

Crianças fazem fila para a ‘superfórmula’

Na Alegria, mais de 800 crianças participaram das atividades ao longo dos três dias, incluindo jogos de bola, pintura facial, brinquedos infláveis doados por parceiros locais, cama elástica e piscina de bolinhas. A ação teve a participação de voluntários que atuam como palhaços, deixando as atividades – inclusive os atendimentos médicos – ainda mais divertidos. 

Houve ainda a já tradicional “superfórmula”, ação de distribuição do vermífugo albendazol com voluntários fantasiados de super-heróis, que medicaram 308 crianças. É um momento mágico em que as crianças fazem fila para receber o super-remédio das mãos de seus super-heróis favoritos. Em Biritiba Mirim, tivemos a presença da Mulher Maravilha, Super Homem e Batman, em três ocasiões. Os pais são orientados a levar as crianças para o posto de saúde para que possam receber, uma semana depois da ação, a segunda dose do vermífugo.

Sustentabilidade

Voluntários fazem o plantio de mudas

Como o SAS Brasil vem fazendo desde o ano passado, durante o Rally dos Sertões, em Biritiba Mirim fizemos, em parceria com a Secretaria de Meio Ambiente da cidade, o plantio de 20 mudas nativas da região. A iniciativa é um esforço para compensar a pegada de carbono da nossa caravana, que só nessa expedição teve 12 carros, 2 motos, um ônibus, fornecido pela prefeitura para o transporte dos voluntários até o município, e uma carreta para o transporte do nosso contêiner-consultório.

A Prefeitura se compromete a fazer o acompanhamento do local do plantio, assegurando o crescimento das mudas. Na próxima ação, mais mudas serão plantadas. Elas são doadas por agricultores e parceiros locais.

O retorno do SAS Brasil a Biritiba Mirim está programado para o feriado de Corpus Christi, entre os dias 31 de maio e 3 de junho (quinta-feira a domingo). As ações na cidade fazem parte de um novo modelo de expedições, criado em 2017. Nesse modelo, em função da proximidade das cidades com a base do SAS Brasil, em São Paulo (SP), fazemos uma série de visitas para ampliar o número de pessoas impactadas e o legado que deixamos. Ao todo, Biritiba Mirim será visitada quatro vezes ao longo de 2018.

Atualização: em função do impacto da greve dos caminhoneiros, que paralisou e desabasteceu o país, a expedição de retorno a Biritiba Mirim programada para o feriado de Corpus Christi foi adiada para data ainda indeterminada. Estamos trabalhando com a Prefeitura para encontrar uma nova oportunidade para dar continuidade às ações. Acompanhe as nossas redes sociais.

2 comentários em “Biritiba Mirim: a gente gosta das histórias, mas também precisa contar os números

  1. Pingback:URGENTE: Greve dos caminhoneiros faz SAS Brasil adiar expedição a Biritiba Mirim – SAS Brasil

  2. Pingback:Retorno a Biritiba Mirim teve novidades e atendimento da população; veja números – SAS Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *